A Escola da Noite e - Azores Today

Últimas

sábado, 24 de novembro de 2018

A Escola da Noite e


A Escola da Noite e o Cendrev – Centro Dramático de Évora apresentam, a 1 de dezembro, no Teatro Micaelense, “Embarcação do Inferno”, uma encenação de António Augusto Barros e José Russo, a partir do texto de Gil Vicente.

Comemoraram-se, entre 2016 e 2018, os 500 anos da primeira apresentação e da primeira publicação do “Auto de Moralidade da Embarcação do Inferno”, também conhecido como “Auto da Barca do Inferno”. A Escola da Noite e o Cendrev – Centro Dramático de Évora celebram este momento fundador do Teatro português, convidando os espectadores a voltarem a olhar para a peça e a confrontarem-se com tudo o que ela continua a ter para nos oferecer, cinco séculos depois. No texto que escreveu para o programa do espetáculo, o consultor científico do projeto, José Augusto Cardoso Bernardes, salienta: “Pela mão qualificada, segura e inventiva da Escola da Noite e do Centro Dramático de Évora, ficamos em condições de problematizar temas de sempre: Morte e Vida, Mal e Bem, Ter e Poder. E, para tal, nem sequer precisamos de sair completamente do século XXI. Com os pés assentes no nosso tempo, bastará alongar o ouvido e apurar a visão para escutar a sensibilidade e a moral de um outro tempo que, afinal, não está ainda tão afastado de nós como pode parecer.”

Paralelamente às sessões do espetáculo “Embarcação do Inferno”, que será também apresentado às escolas, em duas sessões, já esgotadas, A Escola da Noite e o Cendrev promovem, a 27 de novembro, a conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, e, de 27 de novembro a 3 de dezembro, orientam uma oficina destinada a professores.

A conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo”, sobre a vida e a obra do primeiro dramaturgo português, é dada por José Augusto Cardoso Bernardes, consultor científico do projeto “Embarcação do Inferno” e um dos maiores especialistas em Gil Vicente. Com a extraordinária capacidade de comunicação que o caracteriza, Bernardes tem ajudado a iluminar, junto de todos os tipos de público, o sentido que continua a fazer visitar a obra vicentina 500 anos depois de ela ter sido escrita.

A oficina para professores, orientada por António Augusto Barros e José Russo, tem por objeto artístico de referência o espetáculo “Embarcação do Inferno. Propõe-se uma leitura aprofundada dos seus signos, das opções essenciais de encenação, do espaço cénico, dos figurinos, da atuação, da inserção de bonecos e do trabalho concreto sobre a matéria textual. Na parte final da oficina trabalham-se cenas escolhidas do Auto.

Os bilhetes para o espetáculo “Embarcação do Inferno” têm um preço de 10 euros (descontos aplicáveis). Para a conferência “Gil Vicente no seu tempo e no nosso tempo” a entrada é livre.

Fonte: Teatro Micaelense

Sem comentários:

Publicar um comentário